Entrevistas

EURETINA Clinical Research Award: “Uma oportunidade com grande significado para a Oftalmologia portuguesa”
Prof. Doutor Rufino Silva
08 Set. 2022

EURETINA Clinical Research Award 2022 foi o prémio arrecadado pelo grupo de investigação da Age-related Macular Degeneration (AMD), sediado na Associação para Investigação Biomédica em Luz e Imagem (Abili), em Coimbra. A My Oftalmologia conversou com o Prof. Doutor Rufino Silva, coordenador do grupo, que recebeu o prémio na sessão de abertura do congresso em nome da investigadora principal, Dr.ª Claúdia Farinha. Veja o vídeo.

Coriorretinopatia serosa central: uma discussão “bem estruturada” sobre uma patologia “com muito por descobrir”
Dr.ª Sofia Teixeira
08 Set. 2022

O EURETINA 2022 teve lugar entre os dias 1 e 4 de setembro, em formato híbrido. A componente presencial, que regressou este ano, decorreu em Hamburgo, Alemanha. Em entrevista à My Oftalmologia, a Dr.ª Sofia Teixeira, do Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia/Espinho (CHVNGE), realçou a perspetiva de quem assistiu ao encontro através da componente virtual. Veja o vídeo.

EURETINA 2022: “Qualidade científica, tecnologias em desenvolvimento e presença importante”
Prof. Doutor João Figueira
08 Set. 2022

No rescaldo do 22nd Euretina Congress, que decorreu de 1 a 4 de setembro, a My Oftalmologia convidou o Prof. Doutor João Figueira para partilhar o seu olhar sobre os aspetos a realçar deste evento. Para o assistente hospitalar no Centro Hospitalar Universitário de Coimbra e professor auxiliar convidado da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra, a presença nacional fez-se sentir e é um motivo de orgulho. Assista às declarações em vídeo para conhecer os restantes pontos altos.

Inteligência artificial e fotobiomodulação: “Ferramentas que no futuro” vão beneficiar “a prática clínica e os doentes”
Dr. Filipe Mira
04 Set. 2022

“Inteligência artificial” e “Fotobiomodulação” foram os dois temas destacados pelo Dr. Filipe Mira, especialista do Centro Hospitalar do Médio Tejo (CHMT), no âmbito do Congresso EURETINA 2022, que encerra hoje dia 4, após quatro dias de debate e atualização científica. Em entrevista à My Oftalmologia, o médico explana as mais-valias referentes a estas duas temáticas que cada vez mais vão passar a estar na ordem do dia. Veja o vídeo.

Distrofias hereditárias da retina: “Um estudo preliminar” que permitiu “chegar a conclusões interessantes”
Dr. Bruno Teixeira
04 Set. 2022

“Self-perceived visual function and psychosocial impact of visual loss in a cohort of Portuguese patients with Inherited Retinal Degenerations” é o tema do estudo desenvolvido pelo Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) e liderado pelo Dr. Bruno Teixeira, autor principal. Veja o vídeo da entrevista que fala sobre a investigação que se “enquadra no grande grupo das distrofias hereditárias da retina”.

Degenerescência macular da idade e miopia em destaque no EURETINA 2022
Prof.ª Doutora Sara Vaz-Pereira
03 Set. 2022

A decorrer desde o dia 1 de setembro em formato híbrido (virtual e presencialmente em Hamburgo, Alemanha), o EURETINA 2022 tem contado com uma forte participação portuguesa, seja para apresentações e moderação de sessões ou apenas para uma atualização in loco sobre os mais recentes avanços no diagnóstico e tratamento das doenças da retina. Por esta razão, a My Oftalmologia convidou a Prof.ª Doutora Sara Vaz-Pereira, assistente graduada de Oftalmologia no Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte, para partilhar a sua perspetiva quanto aos pontos altos deste evento que termina amanhã, dia 4 de setembro. Assista às declarações em vídeo.

Instructional Courses: um formato com “balanço extremamente positivo” e uma mais-valia para os internos
Dr. Diogo Fortunato
03 Set. 2022

“Enaltecer a riqueza do programa científico do EURETINA 2022, em particular pelo formato dos Instructional Courses.” Palavras do Dr. Diogo Fortunato, interno de Oftalmologia do Hospital do Espírito Santo de Évora, que em entrevista partilhou as sessões e temas que lhe despertaram mais interesse ao longo de dia e meio de congresso. Veja o vídeo.

Edema macular diabético e DMI: sessões com relevância científica que representaram as melhores comunicações
Prof. Doutor António Campos
03 Set. 2022

O Prof. António Campos, especialista em Oftalmologia do Hospital de Leiria, está presente no EURETINA 2022, que decorre de 1 a 4 de setembro, no Centro de Congressos em Hamburgo, Alemanha. Em entrevista, o especialista destaca duas preleções e remata com a importância da presença portuguesa em congressos internacionais. Veja o vídeo.

Mais-valias da EVICR.net e importância da presença nacional no EURETINA 2022, pelo olhar do Prof. Doutor José Cunha-Vaz
Prof. Doutor José Cunha-Vaz
02 Set. 2022

No segundo dia do 22nd EURETINA Congress, decorreu um simpósio focado na “EVICR.net – European Multinational Clinical Research in Retina” que contou com participação portuguesa. No final, a My Oftalmologia teve a oportunidade de conversar com o moderador da sessão, o Prof. Doutor José Cunha-Vaz, que explicou os objetivos da rede europeia em questão e os desafios para o futuro. Durante a entrevista, o presidente honorário da Associação para a Investigação Biomédica e Inovação em Luz e Imagem (AIBILI) e professor catedrático emérito de Oftalmologia da Universidade de Coimbra partilhou a sua satisfação pela presença nacional no evento, salientando os aspetos positivos do mesmo.

Síndrome de Terson: criar “awareness” para uma patologia que pode causar “perda irreversível da visão”
Dr. Mário Fontes
02 Set. 2022

“Terson syndrome – clinical presentation, management and visual outcomes in a tertiary centre” é o tema do trabalho desenvolvido pelo Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ) e apresentado no EURETINA 2022. A My Oftalmologia conversou com o Dr. Mário Fontes, autor do estudo, que frisou a importância de desenvolver a temática. Veja a entrevista em vídeo.

Apoio

BayerRoche